12 de mar de 2010

Um dia descobri que...


Só você para me fazer esperar meia hora (no horário da fome) para podemos comer juntos, ou fazer o percurso portão4-portão3 duas vezes em menos de uma hora, ainda esperar o peixe fritar para poder comer e, no final das contas, se alimetar você com uma maçã, e eu com um copo de suco de cupuaçú.
Oh, pensa bem... Se não fossemos amigos do jeito que somos quem ia te dizer que você precisa engordar (huahuahuahuahua), ou te fazer usar emotions de sorrisos através do msn a cada 5 minutos!? Quem ia te tirar da fossa e gastar várias mensagens ao longo do dia e, ás vezes, de noite (a tarifa de mensagem da TIM está cara)!? Quem ia me ajudar no dever de inglês e acabar falando espanhol no final de tudo, me chamar de fresca ou deixar ser pertubado no meio da aula do CESUPA ou até mesmo de madrugada!? Ou quem você chamaria pra sair com o objetivo de provocar ciumes em alguém!? :D Analisando o outro lado; quem seria meu wonderwall quando eu estivesse "naquela fase", para quem eu falaria besteiras sem ter medo de parecer idiota ou me acompanharia no cinema ou ainda, ficaria também feliz com as minhas conquistas e quando eu tivesse naquele dia pós-choro se preocuparia comigo?

Aaahhh, porque, realmente, me fazer ficar o dia todo na UFPA, sem almoçar, no meio de um bando de mosquitos, sem tomar banho o dia todo é porquê, no mínimo, é importante pra mim.

É, segundo a Superinteressante ocupamos papéis culturalmente do homem e da mulher enquanto casal. E ainda: "Os estudos ainda são insuficientes, mas tudo indica que a amizade entre homens e mullheres vai se tornar não só uma possibilidade mas uma necessidade. Em tempos que exigem que os gêneros trabalhem e convivam, aqueles que conseguem entender e se comunicar com o sexo oposto têm uma vantagem competitiva.". Nesta nossa relação em que um consegue decifrar o outro, em uma competição seremos um sucesso. :D

0 comentários:

Postar um comentário