30 de mai de 2011

- Oh! Queria que eu estivesse olhando nos seus olhos...

Você é o melhor
E sim, eu me arrependo
Como eu pude me permitir
Deixar você ir
Agora a lição foi aprendida
Eu toquei isso e eu fui queimada
Oh! Eu acho que você deveria saber

(Thinking of you - Kate Perry)


14 de mai de 2011

- I can not sleep I can not dream tonight



Sinto falta de algo que nunca tive, mas sempre esteve aqui comigo. Aquela falta que, se eu não sentir, rompe a melodia do dia e me faz deixar de pensar em você. É uma falta que não se cabe em só pensar.

Aquela saudade de um viver distante e sem nada concreto, de uma dúvida intensa e um querer duvidoso. De uma imaginação abstrata do teu beijo e do teu toque. A saudade de passar dias sem te ver e quando enfim consigo o que quero acontece que me retomo para mais longe do que estava.

E eu não consigo ficar perto; ou timidez, ou disface, ou medo, insegurança...

Nunca tentei te contar o que eu queria. Mas, se adiantar de alguma coisa, não falte com sua presença por aqui. O teu afeto me afetou, isso é um fato consumado que não requer explicação.

Não me espere até o final se não for para ficar. Nem chame minha atenção se for por acaso. Mas se quiseres ser memorável, só me leve para perto de ti, isso já basta. A falta que eu sinto passa com isso.

Que as horas passem rápido, que a lua apareça com mais frequência e que o seu rosto se apague por um instante e enfim chegue o momento que eu tanto quero. Mas nunca esqueça do que eu realmente quero...

7 de mai de 2011

- I can't put this down

Me encontre em algum lugar, perdida por aí. Mas não me encontre para dizer as mesmas palavras, porque eu já sei. Preciso que me fale tudo aquilo que está mais dentro de você. Segure minha mão e torne este dia uma espécie de conto de fadas.
Me ensine alguma coisa nova e me faça entender a mágica do teu sorriso e o brilho dos teus olhos. Me carregue em teus braços e me gire, toque na ponta do meu nariz e me diga o que eu ainda não sei; torne este dia uma espécie de conto de fadas.
Arrume aquela bagunça de antes, fale menos e haja mais. Coloque seu tênis favorito e vamos correr por aí, olhando o redor da vida e idealizando o que seria do destino se nossas escolhas fossem outras. Eu te olho e você imita a minha maneira de sobrar o cabelo da testa afastando-o dos olhos. Me diga que, apesar deu estar uma bagunça ainda continuo bonita.
Posso sentir algo diferente. Deve ter sido o jeito que você me beijou. Você me beijaria de novo para tornar este dia uma espécie de conto de fadas?
O meu sonho poderia encontrar o seu desta vez.