27 de dez de 2010

- Quase nunca a vida é um balão


Mas o teu amor me cura

De uma loucura qualquer

É encostar no seu peito

E se isso for algum defeito

Por mim tudo bem

tudo bem


Já não tenho dedos pra contar

De quantas janelas me atirei

E quanto rastro de incompreensão

Eu já deixei

Tantos bons quanto maus motivos

Tantas vezes desilusão

Quase nunca a vida é um balão

2 comentários:

Bia Ferreira disse...

Essa música é linda. Adorei o seu blog. Muito fofo.

http://sussurroaovento.blogspot.com/

Janne disse...

Frases lindas... Imagem perfeita.

Bjoks =D
Janne
baguncinhas.blogspot.com

Postar um comentário