6 de jun de 2010

Como as ondas do mar sempre vão e vem...

Cada escolha que fazemos, decepcionamos alguém... Só temos que ter cuidado para não decepcionar as pessoas erradas! - Click

E eu me pergunto a cada dia se decepcionei a pessoa certa. Não que isso faça alguma diferença agora, depois de que tudo foi feito e refeito e concertado. Dentro de mim, bem lá no fundo, eu queria voltar no tempo e fazer tudo diferente, quebrar algumas regras e trassar um novo final. Mas eu sei que não posso... E nem se eu pudesse eu não faria.

Porque a cada passo que eu sigo, me vejo retornando, em alguns aspectos, para trás. Para pensar e tentar encontrar respostas para mim mesma, tentando achar explicação para meus próprios atos e esconder atrás de planos e ações as consequencias que ficou no presente.

Eu realmente gostaria de ter decepcionado a pessoa errada, mas tenho convicção de que fiz o certo. Mas, muito teimosa como eu sou, quero acreditar e coisas diferentes.

Não me diga que somos amigos, diga que fomos amigos, não se importe, diga eu me importei. Assim como eu digo pra mim mesma para não esquecer: Eu não te odeio, só não me importo!

E desculpa meus pensamentos, palavras e sentimentos mas o "Não guarde magoa de mim, também não me esquece" (Biquini Cavadão) é o cúmulo pra mim.

0 comentários:

Postar um comentário